Momento combustão

E num dia em que a TPM está a flor da pele e meu feed de notícias, no Facebook, não colabora, entro em combustão. E nasce o post abaixo.

E a reclamação reina por aqui!!! E de tanto ver passar por meu feed de notícias reclamações, sobre os mais diversos temas, resolvi entrar na onda e reclamar também! 

RECLAMAÇÃO CONTRA AS RECLAMAÇÕES! 

Cheguei a conclusão – percepção minha, única e intrasferível – de que somos preguiçosos à beça, adoramos a vitimização e queremos é pular para o jardim do vizinho, onde a grama é mais verde, não é verdade?! E quando não o é, sem problemas! Em vez de reclamar do meu gramado, reclamo do desleixado do vizinho, que não cuida direito do seu jardim. 

Funciona de várias maneiras, mas tenho visto assim... 

A passagem de ônibus no próximo ano irá aumentar, mas isso foi decidido agora, sem a interferência do político eleito pela maioria. Fosse o eleito ou outro, isso aconteceria. Porque queremos reclamar. Torcer contra. Que se prove que o cara é mal e vai destruir nossa cidade, para podermos dizer, com o dedo em riste: “Eu não disse!!!” e sairmos triunfantes, alegres e belos, empossados de nossas certezas! 

E quanto o bairro, a cidade, o estado, o país, o continente - Ufa! -, vizinho é melhor que o nosso?! Não enxergamos a crise americana, a forma como a China cresce baseada num trabalho escravo, os problemas econômicos na Europa! Nada disso! Lá é legal, mais bacana, divertido, justo, bonito, cor de rosa! Que coisa! O tal complexo de vira-lata pegou mesmo por aqui, não?! 

Aquela emissora de televisão, que é a líder no país, tem programas horríveis, que dão maus exemplos! Que horror! Porém, todo dia lá estamos sintonizados na bendita, vendo a novela, o futebol, a série, o jornal, enfim. Esquecemos que o ‘dito mau exemplo’ só será seguido se não tivermos o mínimo de bom senso ou um senso crítico para discernir entre o que pode e o que não pode. Que se não ensinamos valores aos nossos pequenos, não é a emissora o problema. Fomos nós que falhamos. 

E a personificação do mal que são as redes sociais!!! Facebook, Twitter, Instagram e afins tornam-se verdadeiras entidades, capazes de nos engolir, abduzir ou provocar uma verdadeira lavagem cerebral! O.O Desculpa, mas ainda não acredito que vivamos na Matrix e que uma máquina governa tudo. Voltamos ao bom senso, que deve ser nosso. E ponto. 

Temos palpites, julgamentos, reclamações, para todos. Ninguém fica de fora: 

O jogador de futebol... 
A cantora... 
O ator... 
A blogueira... 
A apresentadora... 
E a lista é longa. 

Sim. Há uma roubalheira desavergonhada. Em tantas instâncias! Mas, se eu fico com o troco errado que a coitada da caixa do mercado me deu – e que terá que prestar contas por isso -, se quero tirar vantagens em tudo, como eu posso reclamar do mal-lavado?! Adianta?! Só vejo uma resposta: 

ATITUDE. 

De verdade, fico triste (na TPM, como agora, fico irritada) ao ver pessoas, próximas ou não, fazerem de suas vidas on-line e off-line um verdadeiro Muro das Lamentações. E aposentaram seu senso critico, sua inteligência. PARA MIM, o que funciona é a mudança que posso realizar no meu dia a dia. É tentar, aos poucos, porque é mesmo difícil, mudar minhas atitudes, sentir orgulho de contribuir para que eu me torne alguém dentro do que considero mais correto e, assim, contribuir para a mudança do meu entorno, da sociedade na qual habito, do mundo. 

Eu vou continuar torcendo. Por todos. Para que parem de lançar suas sombras sobre os outros e olhem-se mais. Dá medo, é verdade, olhar para dentro da gente. Ver nossas mazelas, reconhecer os pontos nos quais falhamos. Mas, isso tudo é parte de quem somos. E é tão bonito ser imperfeito! Tenho meus monstrinhos internos, que acolho. Seguro o máximo, para não jogá-los em cima de quem nada tem a ver com isso. Claro que, muitas vezes, eu falho. Mas, eu brigo, feio mesmo, para não jogar minhas insatisfações nos ombros de outros. 

Continuo aqui, torcendo para que as pessoas não escolham o caminho mais fácil, mais cômodo. Eu já escolhi várias vezes. E ainda escolho! Mas, já sei puxar minha orelha quando faço isso.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Meu aprendimento

Para Bertoli...