Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

É melhor ser alegre que ser triste, alegria é a melhor coisa que existe...

Imagem
Li um comentário hoje no Para Francisco que provocou uma reflexão em mim.

Uma leitora do blog acusou a Cris Guerra de não escrever mais como antes, de não emocioná-la mais com seus textos. A própria Cris levanta a bola: será que é porque não há mais a tristeza que originou o Para Francisco?

É curioso, mas há isso mesmo na vida. Pessoas que gostam de ver os outros tristes. Que não querem a felicidade alheia. Por quê? Será acaso que se sentem úteis quando podem ouvir e consolar quem está triste. E quando vêem o outro feliz, sentem-se inúteis?!

Já vi pessoas assim. Eu mesma já fui assim. Nem era por querer a infelicidade alheia, mas para me sentir útil, quando eu mesma não tinha vida própria. Quando não vivia a vida que é minha. As pessoas sempre me procuraram – e procuram - em momentos de angústia, de tristeza. É uma característica tão minha ajudar, auxiliar, que não consigo explicar porque eu provoco essa identificação no outro. Porém, hoje ajudar é um prazer, é um ato de amor incondicion…

A vida é breve, a alma é vasta - Pessoa

“Ó mar salgado, quando do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

VALEU A PENA? TUDO VALE A PENA
SE A ALMA NÃO É PEQUENA.
Quem quer passar além do Bojador
TEM QUE PASSAR ALÉM DA DOR.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
MAS NELE É QUE ESPELHOU O CÉU.”


- Fernando Pessoa


Há coisas na vida que são lindas, mesmo quando vemos apenas o que está nas linhas. Quando aprendemos a enxergar o que está escrito através das linhas, vemos o quanto algo pode ser grandioso.

O bom de enxergar através das linhas é que não criamos ilusões...