Pular para o conteúdo principal

A Páscoa - Renovação e Renascimento

Foto e arte: Gleide Morais

Páscoa. Mais uma data com um grande poder simbólico. Gosto disso: de rituais, de símbolos. Deve ser por isso que Jung me fascina, assim como o culto à Deusa e algumas celebrações religiosas. O casamento inclusive: não é o papel que acho importante, mas o ritual realizado, que pode ser apenas entre as duas pessoas envolvidas.

Na Páscoa sempre busco me conectar com a energia da RENOVAÇÃO e do RENASCIMENTO. Na realidade, diariamente, estamos sempre nos renovando, mas, como disse no principio, gosto de simbologias. E para variar, estou vivendo um grande momento de renovação. Profissionalmente, voltei a exercer funções administrativas, mas em um universo novo, rico e que tem me nutrido muito: o Terceiro Setor. Além da vida profissional, volto a estudar no próximo final de semana: inicio a pós em Psicologia Analítica - Junguiana. 

Mas, é no corpo mais sutil que percebo uma grande mudança, soma da caminhada que empreendo há alguns anos. Olho cada acontecimento, cada situação com um olhar atento - e fascinado - de aprendiz: não reclamo de nada, porque tudo tem uma função, há sempre algo que devo aprender. E tenho me relacionado com pessoas interessantíssimas, que vivem suas buscas, semelhantes as minhas, e que topam aprender comigo e me ensinar. Espiritualmente, emocionalmente, psicologicamente, é um momento rico e intenso. De amor, de afeto, de troca. O que dói, algumas vezes, é perceber como ainda há arestas a aparar; arestas estas que eu achava aparadas. Contudo, percebo o Principio Inteligente que rege a vida e que me coloca ao lado de pessoas que me auxiliam nas mudanças que ainda preciso realizar e na aceitação de traços tão meus que não devem ser mudados.

E quanta dignidade há em algumas pessoas que estão caminhando ao meu lado! Travando nossas lutas diárias é que praticamos tudo o que aprendemos. Que adianta tanta leitura, tanta teoria, se não vivemos na prática? Eu quero VIVER a prática, quero experienciar o que li e validar o que é verdadeiro e dispensar o que não reverbera em mim. 

Para esta Páscoa, deixo renascer mais uma parte de mim, mais uma faceta da Gleide que eu desconhecia. Acolho-a e aceito o novo caminho que vamos construindo neste momento. E recebo com a alma de aprendiz todos os ensinamentos que chegam nesta nova fase, me sentindo liberta por aceitar as mudanças que a vida vem me propondo. 


Feliz Páscoa!!! 





2 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Memórias natalinas

A Jornada de Renata Quintela ♥

Levando para a semana que começa a energia inspiradora da descoberta rica e preciosa da semana que acabou. ♥
A Jornada de Renata Quintella

Para Bertoli...

“A maior distância que eu já percorri foi entre minha cabeça e meu coração.”
- Tadashi Kadomoto


Lembro que eu queria surtar. De verdade. Queria surtar para que me internassem e me deixassem em paz. Para que não me cobrassem nada, para que não me pedissem nada, para que não falassem comigo. Queria adoecer meu corpo e tentei de várias formas conseguir isso. Só para ficar em paz.

Queria paz. Algo tão caro, tão importante, tão simples, tão perto e tão distante.

Recordo o dia em que encontrei a paz. Eu ria. Chorava e ria. Nascia leve e feliz. O sofrimento? A dor? Tudo havia ficado para trás. Eu era apenas aquela sensação de amor – por mim mesma, a quem nunca havia amado.

Agora, eu já podia abraçar o mundo! Podia concretizar meus sonhos. Podia amar a mim e não só os outros. Sabia e sentia o significado das coisas. Podia seguir meu caminho e viver a minha vida.

O encontro com o AMOR INCONDICIONAL... Foi marcante. De repente eu era a forma de amor que aquele ser humano tanto quis e nunca encontrou.…