Na missa

E em meio a celebração de batismo, uma música que não ouço desde o início da adolescência, quando eu era católica. Cantando junto, não consegui seguir o refrão; minha voz embargou e meus olhos encheram-se de lágrimas. É que  após alguns muitos anos de caminhada, este hino deixou de ser apenas bonito e passou a ter sentido. A ser sentido. Foi um instante lindo, no qual me senti grata!
Que cada um possa descobrir o Sagrado dentro de si. Muitos são os caminhos para chegar lá. Encontre o seu.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Meu aprendimento

Para Bertoli...