Pular para o conteúdo principal

Guimarães Rosa

"Quanto mais ando, querendo pessoas, parece que entro mais no sozinho do vago..."

Estou fazendo uma pesquisa sobre Guimarães Rosa para a faculdade. Encontrei a frase acima, mais uma de suas genialidades... Profundo demais... melhor eu não dizer mais nada...

"Quando a gente dorme, vira de tudo: vira pedras, vira flor. O que sinto, e esforço em dizer ao senhor, repondo minhas lembranças, não consigo; por tanto é que refiro tudo nestas fantasias. Dormi nos ventos. Quando acordei, não cri: tudo o que é bonito é absurdo - Deus estável. Ouro e prata que Diadorim aparecia ali, a uns dois passos de mim, me vigiava. Sério, quieto, feito ele mesmo, só igual a ele mesmo nesta vida." (Grande Sertão Veredas)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Memórias natalinas

A Jornada de Renata Quintela ♥

Levando para a semana que começa a energia inspiradora da descoberta rica e preciosa da semana que acabou. ♥
A Jornada de Renata Quintella